FOTO POSTS 01

O cliente chegou: como não perder a venda?

Vender é o objetivo de qualquer loja, mas em muitos casos a venda não sai como o esperado e o vendedor não consegue fechar a compra. Afinal, como seguir o protocolo para não perder a venda?

Todo empreendedor que tem uma loja física sabe como é difícil o cliente finalmente entrar na loja.

Por isso, cliente que entra na loja não pode sair de mãos vazias. É preciso finalizar a venda!

Para ter sucesso na parte mais importante da jornada de compra, a loja e os funcionários precisam apresentar algumas características fundamentais que vamos abordar neste post.

Como não perder a venda

Uma série de motivos pode garantir (ou não) que o cliente entre na sua loja.

Mesmo aquela pessoa que entrou “só para dar uma olhadinha” tem potencial para sair com uma sacola nas mãos.

Por isso, não desista de ninguém que entrou na loja – nem aqueles que foram comparar preço.

E se alguém entrou na sua loja, então você já está um passo à frente da concorrência.

Tudo importa e qualquer detalhe pode fazer toda a diferença: desde o primeiro contato até a parte estética do estabelecimento.

Harmonia da loja

Quando falamos que os detalhes podem fazer a diferença durante a compra é porque esse fator é capaz de agir tanto de modo positivo quanto negativo. Por isso, cuidado!

Alguns detalhes podem até passar despercebidos, mas mesmo que o cliente não se dê conta, são inadmissíveis.

Uma lâmpada queimada, por exemplo. Que tipo de credibilidade a loja vai passar ao consumidor se ele entrar e der de cara com uma lâmpada queimada? Isso é sinal de relaxo.

Outro cuidado que todo gerente ou supervisor de vendas deve ter é com a vitrine.

A apresentação da loja é o cartão de visitas para o cliente.

Por isso, de forma alguma o interior da loja pode estar bagunçado.

Peças fora do lugar, caixas espalhadas pelo ambiente, desorganização no caixa… nada disso!

Tudo deve estar em seu devido lugar para que o cliente consiga olhar as peças e se movimentar livremente naquele espaço.

Treinamento dos funcionários

É fato: o treinamento faz toda diferença no planejamento de vendas.

O vendedor bem treinado consegue despertar no cliente uma característica fundamental para vender qualquer produto: a confiança.

Você provavelmente já deve ter comprado alguma coisa, qualquer coisa que seja, por conta do bom tratamento que recebeu, não é mesmo?

Então, o cliente precisa se sentir à vontade e seguro dentro da loja. Ele sabe que pode confiar no vendedor e que não será enganado durante a compra.

Isso está diretamente ligado a outro fator importante: a apresentação do produto.

Todos os funcionários têm a obrigação de conhecer cada detalhe do produto que estão tentando vender.

O vendedor precisa ter na ponta da língua as respostas para qualquer dúvida que o cliente possa ter durante a jornada de compra.

E não adianta inventar qualquer coisa ou tentar “se virar nos 30”.

Hoje não existe isso: lembre-se que as informações sobre o produto estão disponíveis na internet e o cliente tem todo direito de checar se o que o vendedor está falando é verdade ou não.

Sendo assim, seja preciso nas informações!

Integração dos canais de venda

Agora que o cliente já entrou na loja e está disposto a comprar (e os funcionários dispostos a vender), só falta encontrar o que ele está procurando.

Mas o produto que o cliente pediu acabou. E agora?

Você volta do estoque de mãos vazias e fala que não tem nada a oferecer?

Claro que não!

Uma possibilidade é levar opções semelhantes ao pedido, por exemplo: o cliente pediu um sapato vermelho e o vermelho não tem.

O que você faz? Traz diversos pares de outras cores e outros modelos para deixa-lo interessado.

Mas pode acontecer desse cliente ter entrado na loja atrás de um produto específico, e se ele não encontrou suas chances de virar as costas e ir embora são grandes.

Se o produto não está na vitrine nem no estoque o próximo passo é checar no site da empresa e verificar se é possível encontrá-lo em uma loja parceira ou na distribuidora, por exemplo.

Assim é possível agendar o recebimento e finalizar a venda mesmo sem que o produto esteja fisicamente na loja.

Vamos vender mais?

Essas são dicas básicas que precisam fazer parte de qualquer loja que atue no varejo.

Valem para vendedores diretos, gerentes de vendas e até representantes.

São características simples, mas fundamentais para aumentar as vendas da empresa, independentemente de seu segmento de atuação.

Agora é só colocar em prática!

Quer saber mais sobre estratégias de vendas voltadas para o varejo?

Assine nossa newsletter e receba conteúdo exclusivo toda semana!

Posts Relacionados

Compartilhe:

329 Responses

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *