People shopping with a credit card

Loja física x loja virtual: qual vende mais?

Uma dúvida comum entre boa parte dos empresários do varejo diz respeito à escolha do canal de vendas ideal: é melhor investir em uma loja física ou em um serviço totalmente digital? 

A resposta para essa pergunta não é nem uma nem outra, mas ambas as opções.  

Como o varejo está mais integrado do que nunca, hoje é impossível pensar uma loja com apenas um tipo de atendimento.  

Se o atendimento físico vai mal e o online supre essa demanda, o inverso também pode acontecer.  

Tudo vai depender do comportamento do consumidor e o que ele entende como ideal.  

De qualquer modo, cada forma de atuação possui suas vantagens e o grande diferencial desse “novo varejo” é que ele integra todos os canais de atendimento, vendendo em todas as frentes

O comércio eletrônico no Brasil

Os números do e-commerce brasileiro surpreendem e seduzem quem pensa em abrir um negócio focado nesse tipo de serviço.  

O Brasil é líder de vendas online na América Latina e por aqui o e-commerce faturou R$26,4 bilhões apenas no 1° semestre de 2019, indicam dados divulgados pela Nielsen.  

Uma das grandes vantagens de vender através da internet é que esse tipo de serviço não tem limite de atuação.  

O cliente pode estar na mesma cidade que a empresa ou em outro país – o importante é o produto chegar até o consumidor. 

Como vender em um mercado integrado 

Mesmo com números tão promissores do comércio online, não podemos descartar a relevância das lojas físicas.  

Sua presença é tão importante que muitas lojas que atuavam apenas por canais de atendimento físicos, ao disponibilizar seus produtos pela internet, acabam faturando até mais do que empresas que atuam apenas no e-commerce.  

Dados indicam que os investimentos feitos por lojas físicas em inovação, tecnologia e integração entre os canais offline e online tem trazido resultados positivos e um ótimo retorno financeiro.  

O varejista que quiser vender mais precisa entender que o percurso do consumidor não é feito exclusivamente em um ou outro canal.  

A jornada de compra passa por vários canais ao mesmo tempo. Por isso é tão importante oferecer diversas possibilidades de compra ao cliente.  

Antes de mais nada, é preciso saber trabalhar com o produto certo na plataforma certa: qual produto é ideal para o offline e qual produto faz mais sentido no online.  

Isso é mais do que “trocar” produtos ou serviços por dinheiro: é entender o comportamento de compra do consumidor. 

O que é importante para o consumidor 

Hoje, o sucesso do varejo é algo muito maior do que registrar bons números de vendas.  

Aliás, nenhuma venda acontece por acaso.  

O consumidor está cada vez mais consciente e atento ao optar por esse ou aquele produto.  

Mais conectado e informado, o cliente busca sentido e relevância naquilo que consome.  

Ao entender suas preocupações e identificar como solucionar seus problemas, é possível se comunicar com mais facilidade e criar um relacionamento mais assertivo e duradouro com o público.  

A forma como se vende é tão importante quanto o produto que está sendo vendido, e os varejistas que querem ter sucesso nos negócios precisam estar atentos para esse pequeno detalhe que faz toda a diferença na força de vendas da empresa.   

Esperamos que você tenha gostado desse conteúdo. 

Que tal compartilhar sua experiência conosco?  

Conte para nós por qual canal de vendas sua empresa vende mais e quais estratégias você utiliza em cada um deles.  

Basta clicar aqui

Compartilhe:

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *