BANGKOK, THAILAND - NOVEMBER 09, 2014: Siam Paragon is a shopping mall in Bangkok, Thailand. It is one of the biggest shopping centres in Asia.

Retomada gradual do comércio – os shoppings vão voltar ao normal?

Com a chegada e estadia do novo coronavírus no país, mudanças se instalaram na rotina dos brasileiros. O varejo e os lojistas tiveram diversos impactos, já que dependem do contato presencial do público para movimentar as vendas. Novas estratégias devem fazer parte do planejamento dos empresários, principalmente com a retomada gradual e abertura de comércios locais e shoppings.

Se você está revendo as táticas para o novo cenário, saiba que não existe mais o chamado ‘normal’. Existe agora uma vida antes e depois da pandemia. Dessa forma, é possível afirmar que os shoppings não vão voltar ao normal, pelo menos nos próximos meses. Mas calma, isso não é motivo de desespero. Vamos falar das novas possibilidades?

Novo normal – novas oportunidades

Esse novo normal, em relação às lojas físicas, se resume em restrições e cuidados redobrados com os clientes que preferem comprar pessoalmente. Os protocolos de higiene e distanciamento entre as pessoas devem ser seguidos à risca, mas o lojista pode amenizar esses impactos e tornar as coisas mais leves. Antes de mais nada é importante repensar as estruturas das lojas, sinalizando com adesivos ou placas as distâncias seguras entre os clientes, além de selecionar alguns funcionários para organizar essa nova demanda.

Também será necessário redobrar a prudência quanto à higienização das lojas, mantendo limpos máquinas de cartão, maçanetas, chaves, produtos e outras superfícies que são tocadas no dia a dia.

O álcool em gel é item indispensável e deve estar à disposição dos clientes, assim como as máscaras de proteção, que devem ser usadas por todos os colaboradores e pessoas que entrarem na loja. Alguns estabelecimentos têm utilizado termômetro para aferir a temperatura, o que pode facilitar nesse momento de retomada gradual e demonstrar que você se preocupa com a saúde e a segurança dos seus clientes.

Mudanças significativas como essa da covid-19 podem ser encaradas como oportunidade para quem trabalha no varejo. Uma delas é definitivamente criar meios e canais digitais para o consumidor ter acesso aos seus produtos. Já falamos dessa estratégia para driblar a crise da quarentena, que é a importância do lojista estar conectado e ativo no mercado digital. Além disso, vai ao encontro do crescimento no número de acessos nas redes sociais e nas compras feitas pela internet no período de isolamento social.

As perguntas que ficam: como você está preparando a sua equipe para trabalhar com as vendas online? Como estão as redes sociais da sua loja?

Dicas

Os lojistas de shoppings devem ter esse olhar voltado para a complementariedade nos serviços e produtos oferecidos, criando essa união da loja física com a digital. É preciso passar a mensagem de que podem continuar atendendo o cliente mesmo que em casa, com novas soluções e formas de fazer o produto chegar.

Quanto mais cedo você enxergar essas transformações da pandemia como oportunidades, mais fácil será o processo de adaptação e resolução das novas necessidades.

A partir desse cenário, busque criar um atendimento personalizado para cada tipo de cliente, demonstrando responsabilidade com o momento e compromisso com os envolvidos. Enquanto as lojas físicas funcionarem com algumas restrições, o que é temporário, priorize esses atendimentos diferenciados e inovadores.

Gostou das nossas dicas? Clique aqui para se tornar assinante da nossa newsletter e receber todas as novidades do setor!

Compartilhe:

2 Responses

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *